Conexão Euclidense

sábado, 17 de junho de 2017
Lembra do Bastinho? Lembra do Bastinho? PARA UMA CIDADE SEM MEMÓRIA, NADA COMO REEDITAR A MATÉRIA DE 25/10/2010-o "Bastinho," foi o mais brilhante cidadão euclidense de sua era! - Ele nasceu na Rua da Igreja ao lado da casa de Antonio André. Filho do comerciante Nesinho de Hermógenes e da costureira Edite Alves, Sebastião Alves Ferreira Santos teve uma carreira meteórica. Concluiu o curso ginasial no Educandário Oliveira Brito, o curso de Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas e o doutorado em finanças na Universidade do Texas. Conheça um pouco da trajetória desse euclidense brilhante.
quarta-feira, 31 de maio de 2017
Nada será como antes no trânsito de Euclides da Cunha Nada será como antes no trânsito de Euclides da Cunha Muitos gestores públicos de cidades do interior, prefeitos e vereadores, não se preocupam com o trânsito; acham que isso é um problema das grandes cidades. Não é verdade. As cidades médias e pequenas começam a sofrer seriamente com o aumento do número de veículos e em pouco tempo poderão enfrentar problemas sérios de trânsito e como consequência estresse, acidentes e mortes.
segunda-feira, 1 de maio de 2017
A Lei do Silêncio e a lei da irracionalidade A Lei do Silêncio e a lei da irracionalidade Pois, foi no final dessa rua, manancial de saudades, que instalou o tal esquenta de São João. Chovia torrencialmente, mesmo assim, os idosos (atenção senhores políticos, idosos ainda podem votar e votam) e outras pessoas civilizadas, ficaram sem poder dormir, até as duas da madrugada, quando algum evento, encerrou aquela balburdia, falta de respeito, de educação, de urbanidade e de bom senso.
quarta-feira, 1 de março de 2017
Um homem que nunca será esquecido Um homem que nunca será esquecido Este texto foi produzido há exatos dezesseis anos na data de falecimento de meu pai Jaime Amorim e publicado à época na edição impressa da Revista VidaBrasil. No momento em que ele morreu, eu cruzava o oceano atlântico em um compromisso profissional. Pois é! Aos que acompanharam sua trajetória de vida, uma lembrança do que foi esse guerreiro.
sexta-feira, 13 de janeiro de 2017
A saga da Rua dos Ricos A saga da Rua dos Ricos Sou do tempo em que o Zezinho da Barraca era o homem mais valente da cidade e desfilava bravatas ao lombo de um cavalo, até que um dia os irmãos Nelson e Hermógenes Dantas lhe aplicaram um corretivo. Do tempo em que Joviniano Gomes era apenas o simpático dono da próspera Farmácia Estrela e Raimundo Tomás o fabricante do melhor pão das redondezas. Na Rua dos Ricos, moravam Teófilo Dantas, irmão de Nelson e Hermógenes, Menininha de Antônio Batista, tia de Joviniano e o próprio Raimundo Tomás.
quarta-feira, 28 de dezembro de 2016
Há exatos 50 anos! Há exatos 50 anos! O meu alento, é que aqueles meninos inocentes que ocupavam aqueles corpos leves e juvenis, continuam vivos em alguma parte das nossas não mais tão leves consciências. O sofrimento, cada um na sua esfera, nos temperou como o fogo tempera o aço. Perdemos, pais, irmãos, esperanças, mulheres, dinheiro, músculos...Uma coisa com certeza não perdemos, pelo contrário, fortalecemos; a dignidade.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ... 25


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.