Crônica

quinta-feira, 28 de junho de 2012
SEU ANTÔNIO SEU ANTÔNIO EM MEMÓRIA DE ALGUÉM QUE EU CONHECI - Li o aviso impresso logo que cheguei ao saguão. Seu Antônio faleceu hoje. O enterro vai ser amanhã, em Canoas. A Galeria Rosário não será mais a mesma. Aquela figura ímpar, que chefiava a segurança do prédio, nunca mais vai estar ali. Não se verá mais Seu Antônio sentado por trás da mesinha, tornada ainda menor diante do corpanzil daquele ex-lutador, que durante tantos anos, sempre com cara de mau, encarou qualquer um que lhe parecesse estranho ou suspeito
terça-feira, 19 de junho de 2012
IMPROVISANDO A VELHICE IMPROVISANDO A VELHICE A dor nas costas, incômoda e insistente, leva você à farmácia. Sua prima, que trabalha lá, vem atendê-lo. Você conversa, explica a dor, pede o remédio. Comenta que isso é um sinal de que está ficando velho. Ela, que é jovem, sorri e lhe diz, muito simplesmente:— Como ficando? Você já é velho, ora! Não é só com você. Comigo também acontece. Parece não ser com a gente, mas é, assim como a dor nas costas, o cansaço, as escadas, a bolsa que pesa cada vez mais.
terça-feira, 12 de junho de 2012
A SONSA A SONSA Vocês sabem identificar uma sonsa? Têm certeza? Não é tão simples como definir aquela que nem fede, nem cheira. Isso é só o começo. Vocês só se darão conta da existência dela depois de a coisa estar feita. Mas aí é tarde demais para desgrudá-la. Vocês estão achando engraçado, é? Ora, quero mais é que os meus leitores riam comigo. É divertido observar o modo de agir desse tipo de mulher, que de medíocre não tem nada, ainda que, no caso da sonsa que atualmente anda rondando o meu principado...
terça-feira, 24 de abril de 2012
Em Paris; Última Edição Em Paris; Última Edição Caros amigos, esse é o último texto do Chéri à Paris, projeto que comecei assim que cheguei à França, cinco anos atrás. Não tem mais sentido escrever as desventuras de um brasileiro na terra do fromage agora que voltei ao país do queijo prato. Como peguei gosto pela vida de blogueiro, semana que vem inicio um novo projeto, completamente diferente deste. O link será divulgado aqui. Muito obrigado a todos que me acompanharam. À bientôt!
terça-feira, 17 de abril de 2012
Passage des Panoramas Passage des Panoramas O bom de estar em Paris é que Paris não se cansa de me surpreender. Moro aqui há três anos e meio e toda vez que vejo monumentos como a torre Eiffel e a Notre Dame, que já vi milhões de vezes, me dou conta disso e penso “caramba, estou em Paris!”. Esse tipo de sensação acontece o tempo todo, quando descubro um jardim escondido, uma rua charmosa ou um restaurante imperdível. E hoje aconteceu de novo.
segunda-feira, 19 de setembro de 2011
Devaneios do taverneiro Devaneios do taverneiro Tentando por alguma ordem no que penso acerca de cultura, me vêm à mente as diferentes formas que o ser humano tem achado para se virar em cada ambiente, em cada canto neste planeta. Relevo do solo, rios, beira mar e praias, clima, recursos naturais, terremotos e tsunamis, inundações e secas têm norteado os indivíduos, criando padrões de comportamento. Um marujo enxerga o mundo de uma forma, um montanhês de outra.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.