Comportamento

domingo, 30 de julho de 2017
Quando o sexo vira doença Quando o sexo vira doença Desejo, ânsia, compulsão. Há quem tenha tido mais de cem parceiros sexuais num só ano. Mas poderá o sexo viciar? Conheça casos em que o sexo falou mais alto... repetidamente. O dramático depoimento de pessoas que não souberam como administrar “a liberdade” pós separação transformando o prazer em angústia.
sexta-feira, 14 de julho de 2017
Homens e suas fantasias Homens e suas fantasias É impossível descrevê-las numa só palavra: são ao mesmo tempo simpáticas e bonitas, safadas, hospitaleiras e frágeis, atrevidas, maternais e cândidas, e autênticas tentações, Elas – você já deve ter percebido – são as garotas dos calendários, as pinups, que com seus sorrisos de anúncio de dentifrício e trajes reduzidos animam o passar dos meses de quem as vê. “A pin-up ideal tem que ter 15 anos e corpo de 20”, dizia o ilustrador Gil Elvgren.
terça-feira, 30 de maio de 2017
Desmistificando o beijo Desmistificando o beijo Por que colar uma boca com outra? Uma especialista americana tenta explicar as razões e a evolução do bem beijar. Aborda-se a imensa variedade de beijos à volta do mundo, desde os esquimós aos franceses, passando pelos macacos bonobos, que chegam a lamber língua com língua durante 12 minutos! Em resumo, a autora classifica os lábios como "ecos genitais" e chega a abordar as alterações que potencialmente serão causadas pelas alterações tecnológicas. Um assunto com tantas vertentes deu até um livro.
sexta-feira, 14 de abril de 2017
Erótico ou pornô? Erótico ou pornô? Eles preferem as luzes acesas na hora do sexo, adoram lhe ver claramente. Para algumas mulheres tanto faz, mas grande parte gosta da meia luz, cria um clima mais sensual, sem falar que contribui para que elas se sintam mais a vontade e liberais. Eles não se importam nenhum pingo, se na hora H estiver rolando simultaneamente um filme pornô, até inspira mais e reforça a sua imaginação. Já elas…
quinta-feira, 30 de março de 2017
“Se acalme!” – o difícil e necessário exercício de controlar as emoções “Se acalme!” – o difícil e necessário exercício de controlar as emoções Não é possível evitar as emoções negativas, mas temos que tentar controlá-las se quisermos ter uma vida e um ambiente mais saudáveis. A reavaliação cognitiva é uma das técnicas mais eficazes para isso, e vale a pena tentar.Você com certeza já ouviu, ou falou, a famosa frase “Não manda eu me acalmar!”. No calor de uma discussão a pior coisa que pode ser feita é pedir para algumas pessoas se acalmarem.
sábado, 25 de fevereiro de 2017
Quando gata gosta de gata Quando gata gosta de gata Os animais também têm relacionamentos homossexuais. Quando há falta de fêmeas ou conflitos no grupo essa prática é uma solução fácil. Esta é uma nova área de investigação nos EUA, mas ainda pouco estudada no Brasil. A diferença está na possibilidade de escolha. Porque, como explica o etólogo R. Saraiva, "há muito tempo que é sabido que há espécies animais com comportamentos sexuais dirigidos ao mesmo sexo, mas é preciso ter claro que muitas vezes se tratam de adaptações a situações específicas".
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.