Paladar

quarta-feira, 16 de agosto de 2017
Comer como principes Comer como principes Em um bom restaurante em qualquer lugar do planeta, com U$ 500,00 um casal pode desfrutar um excelente jantar acompanhado de um vinho honesto, sobremesa, digestivo e ainda sobra uma gorjetazinha para o garçom. Não é lá grande coisa, mas a grande maioria da população não tem condição de bancar uma conta como essa, uma vez na vida sequer. Não é, entretanto caso dos frequentadores do Fence Gate Inn (foto), onde uma “simples” torta de carne custa a bagatela de R$ 25.000,00. Isso mesmo!
sábado, 29 de julho de 2017
A festa não é mais de Babete A festa não é mais de Babete Em 1825, o filósofo e gourmet francês Jean Anthelme Brillat-Savarin escreveu: “ diga-me o que comes e te direi quem és “. Como a ordem dos fatores nem sempre altera o produto, imagino que uma leitura inversa de tal afirmação ainda forneça um efeito semelhante: “diga-me quem és e te direi o que comes “.Pois é. O mundo desde lá rodou. Conectou-se. Globalizou-se. Tornou-se mais permeável, fluido, ágil, impaciente. Exigente.
terça-feira, 28 de fevereiro de 2017
Você conhece o seu queijo? Você conhece o seu queijo? São dezenas de tipos de queijo e nenhuma padronização para classificá-los. Alguns se encaixam em mais de uma categoria. A classificação pode ser por idade, país de origem, quantidade de gordura e leite, métodos de produção, textura e características especiais. O especialista Steven Jenkin, membro do Confrerie des chevaliers du Taste Fromage (elite dos conhecedores de queijo), autoridade mundial na iguaria apresenta os principais consumidos por quem conhece e sugere as seguintes categorias:
sábado, 14 de janeiro de 2017
As mil e uma utilidades do pepino As mil e uma utilidades do pepino Entre os frutos da família das cucurbitáceas, o pepino é o que mais água contém. É possível combiná-lo com saladas, sopas e peixes defumados. Tipicamente um fruto de Verão, produzido em estufas, o pepino pode ser encontrado durante o ano inteiro. Como a melancia, é uma cucurbitácea com elevado conteúdo de água (97%) e muito fresco. É ideal para fazer sopas frias e saladas. Também é ótimo para levar para a praia em sanduíches, cortado muito fino, no meio de outros ingredientes. Aliás, o pepino combina muito bem com variados parceiros. Com defumados de peixe: de bacalhau, salmão, espadarte.
segunda-feira, 3 de outubro de 2016
O Esther Rooftop de Anquier O Esther Rooftop de Anquier República Décimo primeiro, por favor. A ascensorista (que aproveita aquele minuto para falar sobre a última passageira e até da situação do país) poderia ser o único sinal para a conclusão de que aquele lugar vem de outro tempo. O elevador do edifício Esther, projeto da década de 1930 assinado por Álvaro Vital Brazil e Adhemar Marinho, leva para uma cobertura modernista. O prédio, tombado pelo Condephat (Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural), é um marco desta arquitetura, e seu último andar é privilegiado com uma vista arrebatadora da praça da República.
quinta-feira, 30 de junho de 2016
Chegou O inverno. É hora de consumir queijo, pão e vinho Chegou O inverno. É hora de consumir queijo, pão e vinho O queijo é alimento eclético, que se adapta e pode ser apreciado em qualquer estação. Mas deve-se admitir: é no inverno que se destaca em saborosos pratos quentes ou mesmo cru, com seus rituais, acompanhado de bons amigos, um delicioso vinho e, quem sabe, uma lareira. O pão é indispensável para acompanhá-lo. Queijo, vinho e pão são as três grandes conquistas alimentares que resultam do processo de fermentação, a herança das leveduras.
1 2 3 4 5


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.