Vinhos

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018
Doces como elas gostam Doces como elas gostam São néctares em que se busca a potência aromática, a doçura profunda. Essa doçura, entretanto, deve ser perfeitamente equilibrada com uma alta acidez, frequentemente com uma alcoolicidade elevada, e até algum amargor, de forma a não se tornar enjoativa, ao contrário. São vinhos sempre muito elaborados, em que a sabedoria do homem extrai sabores fantásticos da natureza.
segunda-feira, 15 de janeiro de 2018
A origem das garrafas A origem das garrafas Em algum momento lhe despertou a curiosidade os diferentes formatos das garrafas de vinhos? Ao longo do tempo, o precioso liquido foi armazenado nos mais diversos tipos de recipientes, dependendo da região. Muitas delas preservam seus modelos originais. Um enófilo atento certamente perceberá a região de origem do vinho com uma simples olhada na garrafa. Depois dos odres, ânforas e barricas, os principais tipos de garrafas utilizadas no mercado de vinho e as suas origens.
segunda-feira, 1 de janeiro de 2018
O vinho & companhias O vinho & companhias O pão é indispensável para acompanhá-lo. Queijo, vinho e pão são três grandes conquistas alimentares que resultam do processo de fermentação, a herança das leveduras.Prefira pães franceses para acompanhar o brie, de casca com fungo branco. Para outros tipos de queijo opte entre o pão de nozes, ciabattas ou pães italianos. Uma regra simples e pratica é memorizar que, quanto mais delicado for o queijo, mais branco e sem sal deve ser o pão, e mais branco e seco deve ser o vinho.
domingo, 15 de outubro de 2017
Entenda o vinho do porto Entenda o vinho do porto Os vinhos do porto obtêm-se de diferentes misturas, o que torna difícil a definição de sua personalidade. De um modo genérico, só há duas formas de fazer Porto, e delas deriva uma série de tipos diferentes, cada um deles com as suas características próprias: os de estágio e evolução em madeira e os de estágio em madeira e evolução em garrafa. A personalidade dos vinhos do Porto reside no fato de ser fortificado ser, na sua maioria, um vinho de lote, ou seja, da mistura de vários vinhos.
quarta-feira, 30 de agosto de 2017
Sauvignon Blanc; a uva que amo Sauvignon Blanc; a uva que amo Nesta seção, já falamos de Chardonnay e Cabernet Sauvignon, atribuindo as nacionalidades brasileira e chilena, respectivamente, aos vinhos dessas uvas, pela facilidade de encontrá-los em todo o país. Hoje, que tal se experimentarmos um vinho de Sauvignon Blanc, a uva que faz maravilhas em Bordeaux (ao lado da Sémillon) e no Vale do Loire, na França, e tem se aclimatado bem em inúmeros outros países, muito especialmente na Argentina e na Nova Zelândia!
terça-feira, 15 de agosto de 2017
Chardonnay: a rainha dos vinhos brancos Chardonnay: a rainha dos vinhos brancos Conheça mais sobre a uva Chardonnay, mundialmente reconhecida como a rainha dos vinhos brancos! Acompanhe. A Chardonnay é característica de Borgonha, no leste da França e é o resultado do cruzamento entre as uvas Pinot Blanc e Gouais. Por anos acharam que ela era o resultado da junção da Pinot Noir com a Pinot Blanc, mas estudos recentes feitos pela Universidade da Califórnia mostraram o contrário.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ... 19


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.