Vinhos

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010
Guardar em porta joias Guardar em porta joias Quando os tempos correm adversos há sempre a tentação de nos aproximarmos um pouco mais do abismo (financeiro...) e acabar por consumir, sem pensar muito, alguns produtos considerados de luxo. Frases como "é melhor não esperar mais" ou "sabe-se lá o que aí vem" levam-nos a não adiar consumos que até agora nos exigiam alguma contenção. Em tempo de dificuldades, prove vinhos gloriosos para ganhar ânimo.
domingo, 28 de novembro de 2010
A Consagração do Afros A Consagração do Afros No recente evento Vinhos e Sabores, em Lisboa, Luís Lopes ,diretor da Revista de Vinhos organizou uma prova especial de "vinhos com carácter". Quatro brancos e oito tintos portugueses que fazem a diferença pela originalidade. Para finalizar o evento, serviu aqueles considerados de “maior caráter”: O Afros Vinhão 2009 e o consagrado Dirk Niepoort. Já Rui Falcão no seu Guia de Vinhos 2011 consagra o Afros Vinhão com o texto que reproduzimos na integra. “Um Vinhão…”
segunda-feira, 27 de setembro de 2010
Primeira D.O. brasileira Primeira D.O. brasileira Aprovale protocola pedido de registro de Denominação de Origem junto ao INPI e se prepara para apresentar vinhos da Safra 2010 com selo ainda em novembro, sendo a primeira D.O. brasileira.O pedido de registro da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (D.O.V.V.) foi protocolado na tarde de segunda-feira (16) no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), no Rio de Janeiro. A promessa do instituto é de que até o final de outubro seja confirmada a Denominação de Origem do Vale.
terça-feira, 27 de julho de 2010
ARQUITETANDO O VINHO ARQUITETANDO O VINHO Arquiteto e filho de arquiteto, Vasco Croft de Moura trocou as pranchetas e a agitada vida das grandes metrópoles pela agradável labuta com a terra e a magia de produzir vinhos. Magia não; arte. Na verdade o arquiteto continua artista porque produzir vinhos coma qualidade e o amor que ele o faz, é produzir arte e arte do melhor nível. O lugar escolhido para desenvolver o seu projeto é simplesmente paradisíaco. A Quinta do Casal do Paço no coração do Minho, propriedade da família desde o séc.XVII
sábado, 24 de abril de 2010
BELO ENCONTRO BELO ENCONTRO A Quinta do Encontro, em São Lourenço do Bairro (Anadia), iniciou a sua produção de vinhos em 1930. Com a entrada da Dão Sul no projeto, no ano 2000, a Quinta passou a ser mais conhecida e o perfil dos seus vinhos também se alterou. Grande parte das vinhas foi reestruturada, tendo sido igualmente plantadas outro tipo de castas, que não somente as tradicionais da região.
sexta-feira, 16 de abril de 2010
UM FRANCÊS EM PORTUGAL UM FRANCÊS EM PORTUGAL Em 1992, os Domaines Barrons Rothschild (DBR) investiram na prestigiada propriedade vitícola Quinta do Carmo. O objetivo era reunir a tradição vitícola milenária do Alentejo com a experiência das equipas de DBR, bem como associar as expressivas castas tradicionais com novas castas, oferecendo ao vinho mais complexidade e elegância. A ambição, última desse renascimento, é o reconhecimento internacional.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ... 18


Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.