Durbuy;eu estive aqui

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Se você é daquelas pessoas que gostam de variar e fugir dos destinos tradicionais do verão europeu, aproveite a sugestão e visite a pitoresca cidade belga de Durbuy, a menor cidade do mundo.A magia da cidade belga de Durbuy é o reflexo das centenas de anos de história presentes na sua arquitetura e no traçado peculiar e aconchegante das ruas. A magia da cidade belga de Durbuy é o reflexo das centenas de anos de história presentes na sua arquitetura e no traçado peculiar e aconchegante das ruas.

Durbuy;eu estive aqui


 

A Localizada nas margens do rio Ourthe e nas proximidades do Penhasco de La Falize, na província belga de Luxemburgo, foi fundada durante o século XI, em torno de um castelo construído pelo conde de Luxemburgo. Foi exatamente esta fortificação que serviu de defesa contra as agressões dos inimigos, principalmente de um poderoso vizinho, o príncipe de Liége. No século XIV, Durbuy foi instituída como cidade pelo conde John of Bohemia, época que assinala a edificação de um muro à sua volta, que veio reforçar a defesa do castelo, ponto central da  pitoresca cidade

Apesar de ter sido agraciada com o estatuto de cidade em 1331, como a sua população que não ultrapassava os 400 habitantes, depressa conquistou o apelido de “menor cidade do mundo”. Só em 1977 é que perdeu essa fama ao fundir-se com uma série de cidades vizinhas, dando origem, desta forma, a uma nova unidade urbana, com cerca de oito mil habitantes. Ainda assim, a população não perdeu o hábito e continua a afirmar que pertence à “menor cidade do mundo”. 










Durbuy é, de fato, uma cidade pequena, mas encantadora, munida de muita infra-estrutura, divertimentos e pólos de interesse. O mais impressionante edifício de Durbuy continua sendo o castelo fortaleza, que, depois de ter sido reconstruído e renovado por diversas vezes, pertence hoje à família d´Ursel. Um passeio pelas minúsculas ruas labirínticas dá a impressão de que Durbuy é muito maior. Aliás, um dos grandes encantos desta pequena cidade são as suas ruas, construídas com a típica pedra cinzenta da região de Ardennes e que, ainda hoje, mantêm o seu traçado original.

Na rua principal encontra-se a Grain Hall, hoje ligada à casa do turismo local. Entre as poucas lojas que existem, encontram-se algumas muito interessantes, que vendem especialidades da região. Não deixe de se deliciar também com a gastronomia local, pois em Durbuy é possível encontrar vários restaurantes e bistrôs de qualidade. Nas imediações da cidade, usufruindo os predicados naturais da região, é também possível fazer caminhadas, ciclismo, andar a cavalo e praticar golfe. Ao contrário do que sucede nas grandes metrópoles modernas, o fato de Durbuy ser conhecida como a “menor cidade do mundo” confere-lhe um encanto familiar e uma dimensão acolhedora. 



Autor: Celso Mathias
Publicação vista 1565 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Buenos Aires; estive aqui!
Buenos Aires; estive aqui!
Florença: eu estive aqui
Florença: eu estive aqui
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.