e agora meu rei?

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Vocês prestaram a atenção ao que os marqueteiros do Prefeito estão fazendo? Eles conseguiram já no primeiro programa do segundo turno, destruir a parceria de Lula com Pinheiro e construir a parceria com João Henrique. E sem trocadilho;com obras.São bons ou não os caras?

e agora  meu rei?

João Henrique ganhou as eleições! A não ser que no decorrer da próxima semana ocorra uma catástrofe na sua bem sucedida campanha.

Vocês prestaram a atenção ao que os marqueteiros do prefeito estão fazendo? Eles conseguiram já no primeiro programa do segundo turno, destruir a parceria de Lula com Pinheiro e construir a parceria com João Henrique. E sem trocadilho;com obras.São bons ou não os caras?

Enquanto isso, as aparições de Lula e Wagner no programa de Pinheiro, parecem forçadas. Forçadas pelo Partido e pelos partidários de Pinheiro dentro do Partido, se é que vocês me entendem. É público e notório, que o candidato de Wagner entre os petistas, sempre foi Pelegrino. O de Lula, qualquer um, menos Pinheiro e Neto.


Não estranhem, por favor, esse meu tratamento informal. Lula,Wagner,Neto,Pinheiro,João... É que nessa época de eleições, eles adoram ser tratados assim, com intimidade, até com um certo carinho. Se encontrarmos um deles na rua, não tenham dúvida de que haverá um forte aperto de mão e até aquele abraço invariavelmente com cheiro  de desodorante vencido.

E o Hilton 50, lembram? O rapaz tem inegavelmente um bom discurso. Com o tempo vai chegar a algum lugar. Olha que Gabeira pode vir a ser o próximo governador do Rio. Hilton se melhorar o discurso sectário, vai avançar...




Agora o Imbassayh, não perdeu. Perdeu-se. Inegavelmente, o mais tarimbado administrador candidato a prefeito, laureado duas vezes como o melhor prefeito do Brasil, não perdeu sequer para João, que dizem ter sido o pior. Perdeu para a sua postura, diga-se de passagem, de homem sério, corajoso e elegante. Corajoso quando teve a coragem de romper com o chamado carlismo, quando o carlismo era personificado pelo próprio Antonio Carlos Magalhães. Elegante porque nunca cuspiu no prato que comeu. Sequer tirou proveito político disso.



E o Neto? Caro Neto, você tanbém foi vítima do preconceito com o carlismo. O povo Soteropolitano continua alimentando a interminável birra com o seu falecido avô. Por causa dessa birra, Salvador ganhou os piores prefeitos e a Bahia idem, alguns governadores, idem .

Vão acusar de carlista este escriba, eu sei! Mas o Senador tinha defeitos e virtudes. Os que conviveram de perto com ele, garantem que  muito mais virtudes. Outros, dizem que ele foi um mal necessário.

Pensando assim, até o Neto ou os seus marqueteiros, dissociaram ou pelo menos distanciaram a imagem do velho Senador da do jovem Deputado. Erro crasso!

E o do falecido Dep. Luiz Eduardo? Sequer permitiram lembrar que Neto era seu sobrinho. E olha, que “apesar” de filho de ACM, Luiz Eduardo como político constituiu-se em unanimidade de carisma, competência política e afabilidade. ACM costumava dizer que ele herdara tudo de bom de D.Arlete e o pouco de bom que havia nele próprio. Foi baseado nessa frase que pouco antes do desaparecimento LEM, entrevistei-o cunhando como titulo da matéria, ”O filho de D.Arlete”.

Neto, apesar da terrível escorregada da bravata ao convocar Lula para porrada, Lula, Luiz Inácio Lula da Silva, o Presidente da República, tem sido um deputado atuante e mostra-se preparado para continuar a carreira política. Basta trocar de conselheiros, ou marqueteiros!






Já Pinheiro, em breve voltará à Câmara dos Deputados para continuar como sempre fez, a infernizar a vida de Lula.


Aqui na Bahia, tudo vai continuar no mesmo, ou seja, na mais absoluta imprevisibilidade como só acontece Aqui. Ao ver juntos adversários irreconciliáveis a abraçarem-se nos mesmo palanque, não pela civilidade ou pela evolução do processo político, mas por pura conveniência, Conclui-se que aqui, de fato, pode acontecer tudo; inclusive nada!


PS. Não esqueçam, que nesse processo de pirracinha baiana, o Sr Leo Kret, esse cidadão ai da jaula, assumirá em janeiro a cadeira de Vereador na Câmara Municipal de Salvador. Ele foi sufragado com 12.861 votos.


Autor: Celso Mathias
Publicação vista 1105 vezes


Existe 5 comentários para esta publicação
terça-feira, 21/10/2008 por Gina Barbosa
Leo Kret, que vergonha ...
Por causa dessa expressiva vitória do senhor Leo Kret, senti vergonha de ser soteropolitana... Gostei do site, parabéns! Gina Barbosa
segunda-feira, 20/10/2008 por Val da Liberdade
Porque?
Porque a afirmação de que Pinheiro voltará para a Camara de Deputados? João não ganhou e nem vai ganhar nada. Este Incompetente com cara de santo, que faz da Prefeitura a casa dos evangélicos do PSC, que só fazem orar, para a hora passar.
domingo, 19/10/2008 por Rosa
...É nenhuma
Inegalvelmente o autor da máteria "E ai meu Rei?" conseguiu ser convencido pelos marqueteiros de João. Que pena! Pois existe uma grande diferença entre o que se quer mostrar e o que verdadeiramente tem para ser mostrado, ou seja a realidade é uma só!
domingo, 19/10/2008 por hcmaia
A História Que Já Vi.
Caro Celso,o seu comentário é inteligente na medida que você vai às raizes do passado para dissertar o hoje e conjecturar o futuro. Está bem ordenado o seu texto.Mas não esqueça que a Bahia teve Juraci,ACM, e agora terá Gedel.Reinará por certo 3O ano
domingo, 19/10/2008 por Ronaldo
E aí meu rei?
A Campanha de Salvador, está polarizada em 2 grupos politicos, o que não poderia ser! O povo esta analisando resultados. Deu um voto de confiança para Lula em 2006 e, pelo que parece não está satisfeito. Dificilmente o PT faz o prefeito de Salvador
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Coincidência & perigo
Coincidência & perigo
Em Euclides da Cunha
Em Euclides da Cunha
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.