Caviar; nobre e delicioso

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

O caviar é conhecido popularmente através dos versos do cantor Zeca Pagodinho: “Você sabe o que é caviar? Nunca vi, nem comi. Eu só ouço falar”. O caviar é, sem dúvida, uma iguaria de luxo. São ovas do peixe esturjão não fertilizadas e salgadas, sem qualquer outro tipo de aditivo, corante ou preservante. Tradicionalmente o nome "caviar" é apenas utilizada para as ovas provenientes de certas espécies selvagens de esturjão, e 90% vem do Mar Cáspio e seus afluentes, logo eles vêm da Rússia.

Caviar; nobre e delicioso

Logo eles vêm ou da Rússia ou do Irã (caviar Beluga, Ossetra e Sevruga – depende do tipo de esturjão). Mas a designação "caviar" vem sendo utilizada para ovas de outras espécies de esturjão, inclusive os criados em aquacultura.

Hoje, dependendo do país, o nome é inclusive utilizado para produtos de baixo preço substitutos ou derivados de caviar, como ovas de salmão, de truta, etc.

Experimente o caviar original, não substituto, pelo menos uma vez na vida. Isso é o que dizem Erick Jacquin e Mauricio Ganzarolli. Coloque numa torradinha, num Blini ou coma puro. Será uma explosão de sabor marinho. Essa iguaria geralmente é degustada com colheres de madrepérola, que não machucam as ovas nem modificam seu gosto sensível.

Curiosidade: o Beluga é considerado o mais caro dos caviares, mas o mais caro que existe é o raríssimo Almas, que dizem ser feito de peixe beluga (esturjão branco) centenário albino, sua coloração é perolada e vem numa latinha de ouro 24 quilates. O preço do Almas é de 25 mil dólares cada 100g. Essa é, sem dúvida, a comida mais cara do planeta.

A primeira loja na América Latina da mundialmente famosa marca francesa (fundada por dois irmãos armênios) Petrossian, considerada por connoisseurs a distribuidora dos melhores caviares do mundo, está instalada em um dos shoppings mais chiques de São Paulo, o Cidade Jardim. O ponto não foi escolhido à toa pelas proprietárias Patrícia Abdalla e Adriana Tutundjian: os clientes que compram sacolas e sacolas na Ermenegildo Zegna, Pucci e Carolina Herrera são os mesmos a adquirir caviares de preços tão incríveis quanto sua qualidade. Fazendo um cálculo rápido: a loja Petrossian de Paris vende cento e vinte e cinco gramas do caviar Alverta Imperial por €250.

Mas os valores parecem não ter assustado a freguesia— a quantidade do produto prevista para durar um mês se esgotou em menos de dez dias. Porque, claaaaaro, comprar com duzentos mil por cento de aumento é muito mais chique do que trazer de Paris (convenhamos: quem está acostumado a petiscar Petrossian vai pra França como se vai à Av. Nove de Julho).

 


Além de oito tipos de caviar (Beluga, Malossol…) a loja também oferece vários produtos da grife, como ovas de salmão e truta (mais baratas, custam cerca de R$ 300 cada cem gramas), chocolates, trufas, chás, temperos, azeites e compotas. Aqueles que não suportarem enfrentar o caminho de casa para provar as pequenas esferas podem sentar-se em algumas das belas mesinhas colocadas à disposição dos clientes e pedir um prato ou petisco do pequeno menu, que inclui massa com ovas de salmão, canapés com caviar e saladas com peixes defumados. Um lanchinho rápido para duas pessoas resulta numa conta de cerca de R$ 600. Se pedir uma garrafa do champanhe Perrier-Jouët, sobre para uns R$ 1200 – o que, ali, não chega nem perto de ser um gasto considerável. Ou seja: compra tá uma pechincha! (eles não falam preços por telefone).

Caviar de escargot! A delícia custa €2 mil o quilo

Mas se você quiser esnobar mesmo, vá até a França e traga para seus convidados caviar de… escargot! “O sabor remete a um conjunto sutil e original de múltiplas dimensões, nitidez de contorno e potência”. Traz notas de champignon e raiz-forte, e aromas de carvalho-vermelho, musgo e turfa. Custa €2 mil o quilo!

 

Petrossian: Shopping Cidade Jardim (Av. Magalhães de Castro, 12.000, São Paulo).


Autor: Celso Mathias
Publicação vista 376 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Você sabe a diferença entre o Presunto Pata Negra e o Presunto Serrano?
Você sabe a diferença entre o Presunto Pata Negra e o Presunto Serrano?
O Esther Rooftop de Anquier
O Esther Rooftop de Anquier
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.