Lançada por U$3 milhões a Ferrari F12 TRS é a mais cara da história

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Apresentado inicialmente na terceira edição do Ferrari Cavalcade foi o TRS F12, apenas uma unidade de design personalizado fazendo sua primeira aparição pública em solo siciliano. Com base na F12 berlinetta, o carro foi desenvolvido a pedido de um cliente. Uma das inspirações iniciais para o projeto foi o 250 Testa Rossa de 1957. Na verdade, o TRS F12 é uma tomada inovadora da equipe Centro de Estilo Ferrari que, comandada por Flavio Manzoni, faz uma homenagem lendário carro usando suas iniciais “TR”.

Lançada por U$3 milhões a Ferrari F12 TRS é a mais cara da história


O motor da Ferrari F12 TRS é um 6.2 litros V12 que é capaz de entregar uma potência de nada menos do que 740 cavalos. Seu glamour explica o preço!

Já imaginou ter uma Ferrari feita com exclusividade para você na sua garagem? Pois isso realmente ocorreu, para um único felizardo, que irá desembolsar R$ 9,5 milhões para levar esse modelo, que só terá uma única unidade fabricada.

E com isso, a Ferrari F12 TRS terá tudo para ser simplesmente o modelo mais caro de toda a história da tradicional montadora italiana, superando outras joias que já fizeram parte dessa história, e também a futura Ferrari Spider, que deverá custar R$ 6 milhões.

Feita tendo como base a Ferrari F12 Berlinetta, a Ferrari F12 TRS apresenta um design e um estilo realmente únicos, com traços muito mais agressivos e com linhas ainda mais aerodinâmicas.

Com isso, para muitos especialistas, essa Ferrari pode ser considerada muito cara, mas o fato é que, o que justificaria esse valor realmente astronômico, seria justamente o fato de se tratar de um modelo exclusivo.

Além dos traços mais agressivos e mais modernos, a Ferrari F12 TRS ganhou um para-choque com entradas de ar realmente muito grandes, além de ter uma base pintada na cor preta, o que lhe dá ainda mais destaque.

Os faróis passaram a ter um detalhe em vermelho em seu interior, e os vincos do capô ficaram muito mais volumosos e pronunciados, deixando o modelo bem diferente da F12 Berlinetta que lhe serviu de base.

No entanto, o que mais chama a atenção dos fãs quando o assunto é uma nova Ferrari é o seu motor, e no caso da F12 TRS, ele realmente é impressionante, feito para quem deseja “voar” pelas pistas do mundo todo.

O motor da Ferrari F12 TRS é um 6.2 litros V12 que é capaz de entregar uma potência de nada menos do que 740 cavalos, que permite que o bólido ultrapasse facilmente a barreira dos 300 km/h.

E com o moderno sistema KERS, essa potência e desempenho serão ainda melhores, já que ele acrescentará 163 cavalos de potência ao veículo, que poderá se tornar na Ferrari mais rápida da história.

Suas formas esculpidas agressivamente fluem através da capota, enquanto que, um para-brisa envolvente baixo forma uma longa faixa escura do vidro em contraste com o corpo do carro.

As cabeças do motor V12 cilindros vermelhos são visíveis através de uma janela na tampa do motor, um conceito inspirado tanto pelos carros esportivos Ferrari com motor dianteiro da década de 1950 como nas ultimas berlinettas com motor central. Às modificações introduzidas na F12berlinetta proporcionaram um tratamento novo no carro, resultando na criação de uma escultura que corre para trás a partir dos flancos ao longo de todo o comprimento do carro.

O desenho da traseira marca uma evolução do gráfico em forma de T que caracteriza a cauda truncada do F12. Uma rampa lisa vai do túnel central também, ligando interior e exterior e cria um canal aerodinâmico longitudinal para entregar um efeito Venturi inovador completado por uma abertura sob o spoiler.


Embora inspirado na tradicional Rosso Corsa, a nova cor de carroceria foi desenvolvida utilizando multicamadas de tinta e tecnologias de pintura micalised.



Ou seja, nada mal para quem chegará com a marca de ser a Ferrari mais cara de toda a história da montadora italiana.


Autor: Celso Mathias
Publicação vista 2611 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Volvo V90 T8 Plug-in Hybrid – classe sueca
Volvo V90 T8 Plug-in Hybrid – classe sueca
Novo GLE Cupê SUV da Mercedes e a versão AMG
Novo GLE Cupê SUV da Mercedes e a versão AMG
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.