Cancun; eu estive aqui

domingo, 27 de março de 2011

Cancun está ligado ao México continental por uma estreita estrada. Da ilha até Chichén Itza, que representa o espólio deixado pelo povo Maia na Península de Iucatã. O percurso de ônibus demora cerca de três horas (incluindo a parada para almoço), mas também se pode optar por fazer o percurso de carro ou através de uma excursão aérea.A ilha de Cancun pertence ao Estado mexicano de Quintana Roo, sendo que o seu centro foi concebido para servir especialmente os turistas.

Cancun; eu estive aqui




A artéria principal é a Avenida Tulum; aqui, é possível encontrar-se um vasto comércio, bancos, restaurantes e hotéis de preços diversificados. 

Toda a ilha é rodeada de praia – feitas as contas existem cerca de 20 quilômetros de areia dourada e oceano cristalino. O bom tempo é uma constante neste ponto do globo; a temperatura varia entre os 19º C e os 39º C. 

Cancun está ligada ao México continental por uma estreita estrada. Da ilha até Chichén Itza, que representa o espólio deixado pelo povo Maia na Península de Iucatã. O percurso de ônibus demora cerca de três horas (incluindo a parada para almoço), mas também se pode optar por fazer o percurso de carro ou através de uma excursão aérea. 



A expressão Chichén Itza, que significa “a boca do poço dos itzaes”, é um dos grandes e mais antigos tesouros arqueológicos da civilização maia. 

A área arqueológica está cercada de hotéis que podem ser uma boa opção para quem quer ver as ruínas com mais tempo. É aconselhável fazer os passeios logo pela manhã ou ao fim da tarde, porque o calor a partir do meio-dia torna-se insuportável.             


Autor: Celso Mathias
Publicação vista 1226 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Buenos Aires; estive aqui!
Buenos Aires; estive aqui!
Florença: eu estive aqui
Florença: eu estive aqui
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.