Desce uma loira estupidamente gelada!

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Da mesma forma que os vinhos, as cervejas também pedem cuidados na hora de serem combinadas com a alimentação. De acordo com o estilo, elas acentuam ou prejudicam o sabor dos pratos e precisam de atenção na hora de ir à mesa. "Há a versão da bebida ideal para aperitivos e pratos leves, existe outro tipo que combina com carnes e demais receitas encorpadas e até uma bebida ideal para ser degustada junto a frutos do mar", afirma Alexandre Bazzo, proprietário da Cervejaria Bamberg em Votorantim

Desce uma loira estupidamente gelada!



A seguir, o especialista ensina as combinações ideais de pratos para cada tipo de cerveja e ainda apresenta as características das versões mais conhecidas da bebida. Há uma delas que, inclusive, vale como substituição ao cafezinho após as refeições.

Pilsen: possui cor dourada e o frescor do lúpulo. Sua espuma é consistente, com aroma e corpo característicos de cervejas de puro malte. Equilibra perfeitamente seus componentes, sem deixar que nenhum se sobreponha aos outros. Harmoniza com vários tipos de pratos leves e de sabor suave.

Munchen: produzida com ingredientes originários da região de Munique, Alemanha. Possui cor marrom avermelhada e um aroma marcante de malte combinado com o frescor do lúpulo. Harmoniza com pratos de carne bovina, suína ou frango.








Weizen: na Baviera, é bebida geralmente por volta das 10h da manhã devido à sua leveza e poder nutritivo. Possui cor alaranjada e gosto cítrico refrescante misturado a um sabor de cravo e banana. Ao degustá-la, tem-se a sensação de ter a boca preenchida por sua cremosidade seguida de nuances de banana e cravo, provenientes do processo de fermentação. Combina com pratos leves, como os da cozinha japonesa, peixes, saladas e frutos do mar


Bamberg Bock: esta cerveja nasceu na cidade de Einbeck, norte da Alemanha. Tem cor avermelhada e traz o gosto marcante do malte com um leve toque de herbáceo proveniente do lúpulo. Seu teor alcoólico mais elevado é ideal para esquentar as noites do inverno, acompanhando pratos quentes e encorporados, como fondue, carnes bovina ou suína ou pratos típicos da culinária alemã. Está disponível apenas nos meses de junho ou julho. Temperatura ideal de servir 8°C.

 







Bamberg Schwarzbier: é uma cerveja preta tradicional da região de Thuringen e da Franconia, na Alemanha. Tem aroma e sabor de café e chocolate provenientes do malte. O lúpulo não tem predominância nesta cerveja, porém possui uma discreta nota de lúpulos nobres do sul da Alemanha. Apesar de ser uma cerveja preta ela é relativamente leve e fácil de beber podendo ser consumida em qualquer época do ano. Harmoniza com pratos elaborados à base de carnes, frangos, porcos ou cordeiros;

também pode ser consumida após as refeições substituindo o tradicional cafezinho.







Bamberg tipo Kölsch: é tradicional da cidade de Colônia,na Alemanha. Tem alta fermentação, coloração dourada e aroma frutado combinado com lúpulo, ideal para ser consumida em épocas do ano em

que a temperatura está em elevação, como a primavera. Harmoniza com uma grande variedade de pratos, massa, saladas, carne suína, aves e peixes. Disponível sempre no início da primavera, em setembro até o mês de novembro. Temperatura ideal de servir 6°C.



Autor: Celso Mathias
Publicação vista 2166 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
O 'pata negra' não é o melhor presunto da Espanha
O 'pata negra' não é o melhor presunto da Espanha
Você sabe mesmo fumar charutos?
Você sabe mesmo fumar charutos?
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.