O castelo da Alsacia

sábado, 5 de setembro de 2009

A rota vinho na Alsacia não tem somente vinhos, por sinal maravilhosos, para serem apreciados. Quem se dispõe a fazer a rota poderá ver no alto de uma montanha o castelo de Haut-Koenigsbourg, na vila de Sélestat que fica entre Strasbourg e Colmar.

O castelo da Alsacia


Instalado numa montanha de 755 metros de altitude que se estende de oeste para leste, perpendicular à planície, o castelo data do século XII, e foi sempre um importante local estratégico para a região. Do alto têm-se toda a visão da região alsaciana conhecida como o coração da Europa e disputada durante inúmeras guerras por alemães e franceses. Avista-se ao longe as montanhas alemãs.

Visitar o castelo é fazer uma viagem no tempo medieval, daqueles que normalmente conhecemos nos filmes épicos. A sua arquitetura é um símbolo do poder germânico, e ele estava na rota de um importante movimento comercial no século XII: trigo, vinho, sal e prata. O ‘chateau’, durante a guerra dos 30 anos, estava nas mãos do capitão alemão Philippe de Liechteau quando a tropa não resistiu aos ataques suecos e o local sofreu um incêndio, sem ser totalmente destruído. A fortaleza ficou mais de dois séculos e meio abandonada.

Mas em 1865, o Haut-Koenigsbourg inclui em seu domínio a floresta que fica no seu entorno, e passa a fazer parte do patrimônio da vila de Sélestat. A cidade, por sua vez, ofereceu as suas ruínas ao imperador alemão Guilherme II de Hohenzollern, em 1899, e este confiou ao arquiteto Bodo Ebhardt a restauração do Haut-Koenigsbourg, que durou de 1900 a 1918. Com o tratado de Versalhes de 1919, a França tornou-se proprietária dos bens da coroa alemã, ficando de posse do castelo.

O castelo recebe milhares e milhares de visitantes todos os anos, com uma maior afluência nas estações mais quentes. Duas fontes de água abasteciam o castelo, uma fica no pátio externo e outro no seu interior. Cozinha, adega, quartos, despensa, salas, tudo foi reconstruído e mobiliado com madeiras conforme a época. Na sala de armas uma exposição do que era usado em suas épocas mais áureas de guerras; canhões estão colocados nas torres estrategicamente construídas para a sua defesa.


O “Chateau de Haut-Koenigsbourg” é certamente uma das pérolas da Alsacia, uma riqueza que merece ser conhecida. Uma viagem legal ao passado.

De Paris,Carminha Corrêa.Jornalista e presidente da Associação Brasil França de Comunicação Empresarial

Autor: Carminha Corrêa
Publicação vista 1807 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Buenos Aires; estive aqui!
Buenos Aires; estive aqui!
Florença: eu estive aqui
Florença: eu estive aqui
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.